segunda-feira, março 24, 2008

Tempo de folar

Como “em casa de ferreiro espeto de pau”, tivemos que pedir esta foto emprestada

Já o devíamos ter feito há mais tempo. Mas, a verdade é que, para nós, todos os dias são dias de folar. É daquelas coisas que estão sempre acessíveis. Mais do que um símbolo de passagem, entre nós está sempre disponível para os que passam.

O nosso é doce. Ligeiramente, ao princípio. Mais, à medida que entramos na massa e nos aproximamos do centro. Faz sentido dizer que é "o centro da questão", como uma nova vida a gerar-se no interior do ventre materno.

Pois aqui fica o convite para conhecerem o nosso folar. Para o efeito, uma pequena ajuda: é só “clicar” aí em baixo (página em fase experimental).

Onde ficar, o que comer

1 comentário:

AC disse...

De vez em quando dou cá um pulinho e agrada-me muito este blog. Deixo este comentário para deixar o link do meu blog bebé, à espera de uma espreitadela e de um comentário. Sou uma miúda, cada vez menos comformista, que critica este país em que já não há politica e tem um futuro obscuro se a juventude não lutar.
http://portucaos.blogspot.com/