sábado, abril 25, 2009

Memórias de um tempo-II


Era um tempo de afirmação da palavra, de gritar sofregamente o que durante tanto tempo tinha sido calado. Por toda a parte surgiram novos periódicos, numa tentativa militante de que nada ficasse por dizer. Foi o caso do "Vouga Livre". Dirigido por José Oliveira Barata, tinha um Conselho de Redacção constituído por António Alexandrino Matos, António Bica, Georgete Horta, Jaime Gralheiro, José Carlos Almeida, José Carreto Lages, Manuel Martins da Costa e Telmo Teixeira de Figueiredo (impresso na Gráfica Vouzelense). Pelas suas páginas passou Michel Giacometti, discutiu-se a reformulação da linha do Vale do Vouga, defendeu-se o investimento na alfabetização. Em Lafões ao estilo do tempo. Há 35 anos.

3 comentários:

CP disse...

Temos acesso a essas discussões sobre a reformulação da linha do Vale do Vouga?

Zé Bonito disse...

Para já, só nos arquivos (Biblioteca Municipal, por exemplo).Como se pode ler nas nossas "Caixas de dúzia" (Linha do Vale do Vouga: uma viagem ao que resta), foi após o 25 de Abril que se viveram os momentos decisivos que levaram ao encerramento da linha (1983). Também foi nessa altura que se verificaram as mais expressivas manifestações a seu favor.
Daqui a algum tempo, talvez haja a possibilidade de concretizarmos um "velho" projecto do "Pastel de Vouzela": disponibilizar documentos significativos da nossa história.

AZULI disse...

o MEU PAI,JAIME GRALHEIRO POSSUI A COLECÇÃO COMPLETA DO "VOUGA LIVRE".
GRANDES TEMPOS.
UM ABRAÇO
ANA MANUELA GRALHEIRO